Grupo de Trabalho no âmbito da disciplina de Biologia e Geologia ano 2

08
Fev 09

É sobre esta enorme diversidade de indivíduos de uma população que actua a selecção natural.

 

A selecção natural consiste numa reprodução diferencial que privilegia o conjunto génico mais bem adaptado em detrimento de um menos adaptado, que origina menos descendentes.

Cada conjunto génico confere determinadas potencialidades adaptativas aos indivíduos para um determinado meio e num determinado momento.

 

Quanto maior a diversidade, maior a probabilidade de uma população se adaptar a mudanças que ocorram nesse meio, pois entre toda essa diversidade pode aparecer um conjunto génico que seja favorecido pela selecção natural. As populações muito homogéneas e bem adaptadas podem ser eliminadas se, no seu habitat, ocorrerem, por exemplo, mudanças climáticas.

 

A selecção natural pode ser consequência de factores do meio físico (a temperatura, a humidade, o tipo de solo, etc.) e biótico (podem ser relações estabelecidas entre os seres como a predação, parasitismo, simbiose, etc.)

Quando as características do meio se alteram, o conjunto génico favorável pode deixar de o ser no novo ambiente.

Uma característica é ou não adaptativa conforme o ambiente em que se desenvolve e em relação às restantes características do indivíduo e, por isso, o conceito de “mais apto” varia no tempo, no espaço e com a espécie.

 

NeoDarwinismo às 19:14

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Colégio De Calvão 2009
Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28